Skip to main content

Prognóstico de apostas: Brasil e Bolívia | Copa América

No próximo dia 14 de junho começa a 46ª edição da Copa América, e a Seleção Canarinho estreia no Morumbi contra os bolivianos. O prognóstico Brasil e Bolívia mais óbvio é a vitória brasileira. Devido à diferença abissal de qualidade entre os dois times, e ao Brasil jogar em casa, com todas as suas estrelas, as apostas devem ser na grande maioria pela vitória do Brasil. A questão é: por quantos gols de diferença? Vai golear? Historicamente, a Bolívia, quando “desce a serra” e perde seu melhor jogador, que é a altitude, é derrotada quase sempre.

Se você quer apostar na Copa América, fique de olho nas atualizações do prognóstico Brasil e Bolívia que faremos nesta página. Conforme o dia da partida de aproxima, as grandes casas de apostas abrem novos e diferentes mercados e promoções. Aqui, você fica por dentro de tudo. Com ou sem Neymar, o Brasil é amplo favorito no duelo.

Maiores bônus de boas-vindas para apostar na Copa América

Site Bônus Saiba Mais
Betfair Bônus e Opiniões Betfair Bônus e Opiniões R$400
bônus
aposte
1xBET Análise e Opiniões 1xBET Análise e Opiniões R$500
bônus de 100%
aposte
Rivalo bônus e opiniões Rivalo bônus e opiniões R$777
bônus 100%
aposte
bet365 Brasil bônus e opiniões bet365 Brasil bônus e opiniões Novos clientes: obtenha até R$200 em créditos de aposta aposte
22bet Bônus e Opiniões 22bet Bônus e Opiniões R$600
bônus de 100%
aposte

Desempenho recente Brasil e Bolívia

Desde o final da Copa do Mundo da Rússia, em que o Brasil foi eliminado pela Bélgica nas quartas-de-final, as duas seleções entraram em campo nove vezes cada. O escrete canarinho venceu em oito oportunidades, enquanto que o onze andino colecionou quatro empates, quatro derrotas e venceu apenas um compromisso.

É claro que amistosos são bem diferentes de jogos oficiais, mas esses resultados servem para mostrar a diferença entre as seleções. “Ah, mas o Brasil só pegou babas”, alguns torcedores mais exigentes vão dizer. Não foi bem por aí. Entre esses amistosos estão uma partida contra um mistão da Argentina e o time principal do Uruguai, com duas vitórias por 1 x 0.

Já a Bolívia optou por fazer uma verdadeira tour pela Ásia. Foram sete partidas contra selecionados da AFC, e a única vitória foi contra a Birmânia (3 x 0), seleção que atualmente ocupa o 140º lugar no ranking da Fifa. Os únicos jogos contra não-asiáticos foram o empate em 2 x 2 com a Nicarágua (129º do ranking) e a derrota por 2 x 0 para a França, atual campeão mundial.

Hoje, o Brasil é a terceira melhor seleção ranqueada, enquanto que a Bolívia é o pior Sul-americano, estacionada em 63º lugar. São mais informações relevantes para ajudar no seu prognóstico Brasil e Bolívia.

Confrontos diretos

Na história, este será o 30º jogo entre Brasil e Bolívia, e o prognóstico é claro a favor dos brasileiros. Nos 29 encontros anteriores, são 20 vitórias canarinho, 5 bolivianas e 4 empates. Não é de surpreender que quatro dos triunfos andinos tenham acontecido na altitude da cordilheira. A outra vitória também aconteceu naquele país, mas em uma cidade a apenas 416 metros de altitude, Santa Cruz de la Sierra. Fora das suas fronteiras, são apenas dois empates entre as seleções, e o Brasil venceu 16 vezes.

Nos últimos três encontros entre Brasil e Bolívia, um jogo sem gols pelas Eliminatórias à Copa da Rússia, em La Paz, e duas goleadas: 5 x 0, também na caminho para a Rússia, e um amistoso em Santa Cruz de la Sierra que terminou em 4 x 0 para a Seleção.

Falando em goleadas, o Brasil já aplicou um 10 x 1 na Copa América de 1949, no Pacaembu. A seguir vêm um 8 x 0 nas eliminatórias para a Copa de 1978 e o 8 x 1 da Copa América de 1953.

Placares elásticos são rotina no confronto, por isso o prognóstico Brasil e Bolívia só pode apontar para uma boa vitória brasileira.

Histórico na Copa América

O Brasil é o terceiro maior vencedor da história da competição, tendo levantado a taça em oito oportunidades. A Bolívia também já provou a glória de ser campeã continental uma vez. Foi jogando em seus domínios, na Copa América de 1963. Num torneio com sete participantes que se enfrentaram em turno único, os bolivianos venceram cinco jogos e empataram uma vez, e deixaram o Paraguai para trás.

Em 1997, a Copa América voltou para a Bolívia, e com um time com remanescentes da seleção que disputou a Copa dos EUA, em 1994, o time andino chegou à final, mas foi derrotado pelo Brasil de Zagallo por 3 x 1. E esta foi a última vez que a Bolívia figurou entre os quatro melhores.

Depois de 1997, o Brasil ainda iria se consagrar campeão em 1999, 2004 e 2007. Nas três últimas edições, a Seleção não foi nada bem, e tenta voltar ao protagonismo continental depois de mais de uma década.

Na Copa América, Brasil e Bolívia se encontraram em 10 ocasiões. São oito vitórias canarinho contra duas bolivianas. A Seleção marcou 39 gols e foi vazada 13 vezes.

Para quem gosta de estudar antes de fazer suas apostas, seja em sites de apostas online ou mesmo para o bolão Copa América do escritório, esses dados corroboram para um prognóstico sombrio para a Bolívia.

Prognóstico de aposta Brasil e Bolívia

Mesmo com o discurso batido que “não existe mais time bobo”, o Brasil é amplamente favorito para este jogo. O que atrapalhar a Seleção? A ansiedade dos jogadores, por se tratar da estreia de uma competição importante sendo jogada aqui, a ansiedade da torcida, que se não vir um gol cedo vai começar a ficar inquieta nas arquibancadas, e, é claro, mas menos provável, um excelente jogo por parte da Bolívia.

A partida será disputada no Morumbi, que já foi palco de algumas reações exageradas por parte dos torcedores. Para relembrar, nas eliminatórias à Copa de 2002, com Leão estreando no comando técnico da Seleção, rolou a famosa chuva de bandeirinhas de plástico depois de uma péssima apresentação da equipe, que ainda assim venceu a Colômbia por 1 x 0. Ao entrarem no estádio, cada torcedor recebeu uma pequena bandeira de plástico, para torcer. No final do jogo, revoltados com o futebol apresentado, a galera começou a atirar os objetos no gramado.

Mas o time hoje está mais arrumado do que à época do “futebol bailarino” que Leão desejava que a equipe jogasse. Aliás, entrosamento é um dos pontos fortes do Brasil. Tite optou por não promover uma renovação durante a Copa América, como alguns esperavam. Sentindo que está com o cargo ameaçado, o treinador chamou jogadores experientes e de confiança, e vai deixar para experimentações em amistosos e nas eliminatórias para a Copa do Catar.

Qual o seu prognóstico para a estreia dos comandados do “seu” Adenor Bacchi?

Brasil com medalhões, Bolívia tentando mudar

Para esta Copa América, o “onze” de Tite deve ser Alisson; Dani Alves, Miranda, Tiago Silva e Alex Sandro; Artur, Casemiro e Phillipe Coutinho; Richarlison, Roberto Firmino e David Neres. Em partidas mais difíceis, o treinador pode escalar Filipe Luís e Fagner nas laterais, para aumentar o poder de marcação, e até deslocar Dani Alves para o meio, no lugar de Paquetá. Tite não pode se queixar de falta de opções.

Do lado Altiplano, o técnico Eduardo Villegas, que assumiu o comando em fevereiro deste ano, tenta renovar o plantel e o estilo de jogo, e para isso aposta em nomes conhecidos do público brasileiro, como Marcelo Moreno, que aos 31 anos defende o Shijiazhuang Ever Bright, da segundona chinesa, Alejandro Chumacero (28 anos) meia-direita do Puebla do México, Raúl Castro (29 anos), meia pela esquerda do The Strongest e o jovem Leonardo Vaca, de 23 anos, atacante pelo flanco direito que atua no Blooming.

Apesar das derrotas na Ásia, o time se apresentou bem, principalmente frente a Japão e Coreia do Sul. É claro que devemos levar em conta as limitações da seleção boliviana.

Melhores odds prognóstico Brasil e Bolívia

Tudo aponta para uma vitória fácil da Seleção. A questão aqui, para os apostadores, é o quão fácil? Como será o jogo? Neymar vai fazer falta? A Seleção vai repetir o que fez no amistoso contra o Catar, fazer gols no início do jogo e tocar a bola para não se desgastar? Vão atrás do maior número de gols possível? E a Bolívia? Vai ficar com os 11 atrás da linha da bola, se defendendo na base do chutão? Vai conseguir encarar a Seleção por quanto tempo?

O prognóstico Brasil e Bolívia no tradicional 1 x 2 (coluna 1, do meio ou coluna 2) não está nada atrativo, a menos que você acredite na Bolívia ou até mesmo num empate.

Nas duas últimas semanas, o cenário teve muitas alterações, como era de se esperar. Mas, mesmo com o corte de Neymar, as casas de apostas estão acreditando que o Brasil vai “passar o carro” nos altiplanos.
Para se ter uma ideia, no final de maio a vitória brasileira pagava, em média, 1.12, contra 22 de um triunfo boliviano. Agora, às vésperas do confronto, as odds mudaram para 1.07 caso o Brasil vença. Uma vitória da Bolívia está pagando praticamente 40 vezes o valor apostado.
Com isso, a aposta em um handicap de dois gols para a Bolívia, que era interessante, pois pagava pouco mais de 2x a aposta no 1xBet, agora caiu para 1.8. O retorno não é tão baixo, mas podemos começar a pensar se vale correr o risco por essa probabilidade.
Com essa perspectiva de mais gols do Brasil no jogo, apostar que a Seleção irá marcar pelo menos três gols paga 2.08, e acreditar que o selecionado canarinho será vazado pelo ataque altiplano dá espantosos 3.4 vezes o valor apostado.
A falta de fé nos atacantes da Bolívia deve-se em parte ao fato de a equipe não balançar as redes há três jogos e a defesa brasileira não sofrê-los há mais de 180 minutos. Mas, se você acredita que a retaguarda do Brasil pode entregar o ouro uma vez, esta pode ser uma oportunidade.

O resultado mais esperado pelas casas de apostas é Brasil 3 x 0 Bolívia. Eles pagam, em média, 4,5 vezes o valor investido nesse palpite. Em um jogo que a probabilidade de gols é alta, são igualmente grandes as chances dos homens de frente do Brasil deixarem a sua marca. E o mercado reflete isso.

O 1xBet paga valores interessantes caso nossos artilheiros deixem a sua marca. Nesse caso, é bom esperar a escalação oficial do time, pois, obviamente, nem todos serão titulares. Willian, chamado de última hora, mas que conta com a confiança de Tite, será escalado? Se o jogo estiver tranquilo, David Neres vai entrar em campo? E Everton, que não fez bons amistosos, terá a sua chance?

Se você ainda não aposta, a Copa América é uma boa oportunidade para começar aproveitando os bônus que os sites oferecem. Se já aposta, pode ser a hora de se inscrever em um novo site e aliar o bônus à experiência e assim faturar legal numa competição que acontece após o final da temporada europeia (o que significa menos jogos e campeonatos para investir).

A Betfair é uma casa de apostas que está com uma promoção interessante para novos usuários. Ela está dando uma aposta sem risco de R$50 se a primeira aposta feita for no Intercâmbio, em um dos três primeiros jogos do Brasil, contra Bolívia, Venezuela e Peru. Para ter direito, deve-se abrir a conta com o código FEOBR5. Isso significa que, caso o seu palpite seja derrotado, você recebe os R$50 de volta.

Números e curiosidades sobre Brasil e Bolívia

Reconhecido Sportingbet Brasil bônus e opiniões

Cadastre-se

Faça seu cadastro agora mesmo!
bônus aposte
  • Até as eliminatórias para a Copa de 1994, o Brasil era o único país invicto no mundo todo nessa etapa da Copa. A primeira derrota foi nos 3.400 metros de altitude de La Paz. A Bolívia venceu por 2 x 0. No jogo da volta, a Seleção foi impiedosa: 6 x 0.
  • Essa Bolívia conseguiu se classificar para os mundial. Comandados por Marco “El Diablo” Etcheverry, os Altiplanos caíram na primeira fase, com derrota para a Alemanha  (1 x 0), empate com a Coreia do Sul (0 x 0) e mais um revés, desta vez para a Espanha (3 x 1), quando Erwin “Platini” Sanchez anotou o único gol boliviano em mundiais.
  • El Diablo teve uma aparição relâmpago na estreia. Saindo do banco, pois estava se recuperando de lesão, o maior futebolista boliviano de todos os tempos entrou aos 34 minutos do segundo tempo e recebeu o vermelho direto, aos 37.
  • A primeira vitória do Brasil em Copas do Mundo foi contra a Bolívia, em 1930. A seleção venceu por 4 x 0. Nesse mundial não houve eliminatórias.
  • Este será o quinto jogo de estreia do Brasil contra a Bolívia em Copas Américas. Em 1946, vitória por 3 x 0. Em 1953, massacre por 8 x 1. Em 1979, vitória Altiplana por 2 x1. E, finalmente, em 1991, o Brasil venceu por 2 x 1.

Acompanhe o Sitedeapostasonline.net e fique por dentro das melhores oportunidades em apostas para a Copa América 2019 e outros grandes eventos.



Postagens relacionadas



Não existe comentários ainda: Seja o primeiro a comentar!


Você tem alguma sugestão ou dúvida sobre o artigo? Compartilhe conosco!

Teu e-mail não será divulgado ao público. É necessário preencher todos os campos.