Skip to main content

Apostas NFL: dicas para palpites no futebol americano

Setembro é um mês especial para os americanos e também para os fãs do futebol da bola oval e das apostas NFL. Até janeiro ou fevereiro, são pouco mais de 20 semanas de fortes emoções e jogos com intensidade máxima que determinam, ao final da temporada, o grande campeão da NFL, a liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos. A decisão, chamada de Super Bowl, é o maior evento isolado do mundo esportivo, e movimenta bilhões de dólares em patrocínios, marketing, publicidade, e, é claro, apostas esportivas.

Apostar na NFL pode ser tão emocionante quanto assistir aos seus jogos. Mas, para ganhar um palpite, é preciso estar preparado, da mesma forma que acontece com os jogadores. Se não estiver pronto para o jogo, não tem como levar a melhor.

Top 7 sites de apostas NFL

Site Bônus Saiba Mais
Betfair Bônus e Opiniões Betfair Bônus e Opiniões R$400
bônus
aposte
1xBET Análise e Opiniões 1xBET Análise e Opiniões R$500
bônus de 100%
aposte
Rivalo bônus e opiniões Rivalo bônus e opiniões R$777
bônus 100%
aposte
bet365 Brasil bônus e opiniões bet365 Brasil bônus e opiniões Novos clientes: obtenha até R$200 em créditos de aposta aposte
22bet Bônus e Opiniões 22bet Bônus e Opiniões R$600
bônus de 100%
aposte
KTO Brasil bônus e opiniões KTO Brasil bônus e opiniões R$250
bônus 100%
aposte
LeoVegas Bônus e Opiniões LeoVegas Bônus e Opiniões R$8000
Bônus de cassino
aposte

Dicas de apostas NFL

Entre os muitos mercados para a NFL que os sites de apostas online disponibilizam para apostar, existem aqueles que são os melhores para os apostadores. Vamos mostrar aqui os principais e dar dicas importantes para você ganhar uma graninha enquanto acompanha as partidas. A emoção é 100% garantida!

Para quem ainda não conhece muito do futebol americano e ainda tem dúvidas sobre apostar na NFL, explicamos as regras adiante, e você pode aproveitar os jogos da pré-temporada, que normalmente começam um mês antes da competição para se familiarizar com o esporte. Agora, algumas dicas de apostas NFL: os mercados favoritos.

Money Line

Padrão americano de apostas NFL no bet365 padrão decimal de apostas NFL na Betfair

Às vezes chamada de “moneyline”, é a aposta em futebol americano mais simples de todas, basta escolher o vencedor do confronto. A casa de apostas define as odds e você escolhe o valor a investir. Obviamente, em jogos com um “favoritaço”, a diferença entre as equipes fará com que o pagamento seja muito baixo para apostas no melhor time. Quanto mais equilibrado for o duelo, menor será a diferença entre as odds de cada equipe. E, como o futebol americano não aceita como resultado final o empate, a escolha é simplesmente em “A” ou “B”.

Alguns sites mostram o padrão americano de probabilidades, que é bem diferente do que estamos habituados, que é o sistema decimal. Outra diferença é na posição dos nomes das equipes. Nos esportes americanos, o nome do visitante vem em primeiro lugar. Então, os Packers jogam “em” Bears, ou seja, na casa do adversário.

Como funciona o padrão americano

Voltando às apostas, as imagens acima mostram a mesma partida com as odds vistas pelo padrão americano (a imagem foi retirada do bet365 nessa opção de odds) e pelo padrão decimal (imagem da Betfair, em português, para comparar as nomenclaturas). A terceira coluna, que está com os números destacados com a marcação em vermelho, mostra a money line para o jogo entre Green Bay Packers e Chicago Bears. Na Betfair, o mercado “Vencedor” é o primeiro a ser mostrado.

Os Packers aparecem com “+150”, e os Bears com “-170”. O que isso significa?

Quem vem com o sinal de menos à frente é o favorito. Quem tem o “+” antes do número é o chamado “underdog”, que é a nossa “zebra”.

  • -170: Isso quer dizer que, para ganhar $100, é preciso apostar $170 nos Bears.
  • +150: Aqui, o valor representa o quanto o jogador irá ganhar se apostar $100.
  • Odds com + representam quanto vamos ganhar se apostarmos $100 (ou outra moeda)
  • Odds com representam quanto devemos apostar para ganhar $100

Não é complicado de entender, né? É bem diferente do nosso sistema decimal, mas funciona bem.

A imagem sem nenhuma marcação mostra o padrão decimal de probabilidades. Nele, vemos que os Packers pagam 2.30 para cada $1 apostado. Assim, se eu apostar $100 e ganhar, receberei $230 de volta, o que significa $130 de lucro. Os Bears, por sua vez, pagam 1.55 para cada $1 investido na Betfair. Convertendo, dá $164,5 de lucro se a aposta for de $100. As diferenças de valor aqui se dão pois o bet365 está pagando melhor que a sua concorrente neste caso.

Spread

Apostar no “spread” é tão popular que se tornou padrão dos programas esportivos americanos mostrar o quanto um time é favorito para aquela partida. O spread nada mais é do que o famoso handicap, em que a equipe mais fraca ganha uns pontos “de lambuja”, ou seja, “sai ganhando por x” (apenas em relação à aposta ok?). Entre todas as apostas NFL, essa é a que os fanáticos pelo esporte mais amam.

Na imagem de Green Bay Packers x Chicago Bears que serve de exemplo, o spread aparece na primeira coluna. O “+3.0” ao lado dos Packers significa que o time é azarão e que sai ganhando o jogo por 3 pontos de diferença. Quem apostar nos “cabeças de queijo” (apelido da equipe de Green Bay) tem que torcer para que o time vença o jogo ou que perca até por 3 pontos de diferença.

Já quem fizer uma fezinha nos Bears, que estão com “-3.0”, torcem por uma vitória do time por mais de 3 pontos. Se a partida terminar 20 a 17 para os Packers, as apostas nos Bears são consideradas perdedoras. A Betfair oferece um handicap de 3,5, que, neste caso, tem o mesmo efeito.

No padrão americano (assinalado em azul), podemos ver que uma aposta de $100 rende outros $100 para os Packers (+100) e que os apostadores dos Bears precisam apostar $120 para levar os mesmos $100 para a casa (-120). No padrão decimal, a Betfair paga os os mesmos 2.0 pelos Packers e os Bears, 1.7.

Total de pontos

O popular “Over/Under”. Neste mercado, a aposta é feita no total de pontos do jogo. A casa apresentar um total e oferece o mesmo para quem apostar acima ou abaixo deste total. Se o total for exatamente o da aposta, o valor é devolvido aos jogadores. Por isso, muitas vezes o total de pontos Over/Under é quebrado, para evitar que isso aconteça. O total está na coluna do meio na ilustração que inicia o tópico, e nele podemos observar que o total de pontos que as duas casas acreditam que o jogo terá é de aproximadamente 46.

Por isso, elas pagam valores semelhantes para quem apostar que a partida terá mais ou menos de 46 pontos. Para ambos os times, quem apostar $110 levará $100 para casa. No padrão decimal, o “over” (mais de 46 pontos) paga ligeiramente abaixo do que o “under” (menos de 46 pontos).

Apostas ao vivo

Cobertura ao vivo da pré-temporada da NFL no bet365

Além dos três mercados mais populares de todos, tanto que são os que aparecem sempre nas fichas de apostas, há as apostas ao vivo, pois o futebol americano é um esporte com um formato que permite explorar ao máximo os mercados ao vivo. Por ser um jogo dividido em “downs”, que são as jogadas, em cada down há mercados abertos com algumas possibilidades. Aqui, as apostas se assemelham um pouco ao tênis, esporte ao qual nós brasileiros já estamos mais habituados.

Mas, no início de cada jogada, a casa oferece alguns resultados possíveis e a probabilidade que eles aconteçam. Algumas das possibilidades são:

  • Passe completo e novo first down
  • Corrida e novo first down
  • Passe incompleto
  • Recuo do time (em caso de jogada mal-sucedida)
  • Falta do time de ataque
  • Falta do time defensor
  • Interceptação (time adversário toma controle da bola a partir de um passe ruim)
  • Fumble (jogador deixa a bola escapar das mãos)
  • Touchdown
  • Punt ou arrisca jogada no quarto down?

Isso significa que, como a ação o jogo é alta, mas a partida é interrompida o tempo todo, para fazer este tipo de aposta é preciso conhecer o jogo, mas também é necessária uma boa transmissão da partida, com o menor delay possível, ou você estará sempre uma ou duas jogadas atrás, e não conseguirá fazer as apostas.

Apostas NFL futuras

apostas NFL no campeão do Super Bowl 2020

Apostar na NFL é como apostar em outra liga qualquer. Você pode escolher quem será o campeão do Super Bowl, o campeão da Conferência, quem será o MVP (melhor jogador) da temporada regular, quem serão os finalistas e quantas vitórias cada equipe irá conquistar.

É claro que sempre existem os times NFL favoritos, mas não podemos esquecer que, por ser uma liga profissional americana, sistemas para manter o jogo equilibrado existem, como permitir que as piores equipes façam as primeiras escolhas no draft e um teto salarial para evitar a montagem de super times.

Para a temporada de 2019 / 2020, (no Betfair, cujo link se encontra logo abaixo), o supercampeão New England Patriots aparece novamente como favorito, e paga 8.16 para cada $1 apostado. Kansas City Chiefs vem a seguir, com a cotação de 9.29, O New Orleans Saints paga 10.76 e os vice-campeões Los Angeles Rams oferecem 12.69 para cada $1 investido na franquia.

Tem cash out Betfair Bônus e Opiniões

400 R$ BÔNUS

Oferta exclusiva para novos membros
bônus aposte

Pré-temporada

Os jogos de pré-temporada ajudam os apostadores a ter uma noção de que jogadores estão em boa forma física para o começo da temporada, como estão os novos prospectos, quem pode surpreender individualmente, mas a intensidade muito menor das partidas torna quase impossível determinar favoritos. É claro que eventuais lesões de grandes estrelas podem alterar drasticamente as chances de um time, mas os jogos das quatro semanas que antecedem o início da NFL nada mais são do que um aquecimento das turbinas.

Para quem não conhece direito o futebol americano, é a chance de saber mais sobre o funcionamento do esporte, ainda mais que alguns dos jogos são transmitidos também pelos sites de apostas. O bet365, por exemplo, faz o streaming de alguns jogos. Na temporada regular, no entanto, isso não acontece, com os direitos de transmissão distribuídos pelo aplicativo oficial e a ESPN, aqui no Brasil. Para assistir NFL ao vivo aqui no Brasil, só assinando um desses serviços. Pelos sites de apostas não dá pra assistir NFL online, mas é possível acompanhar, jogada a jogada, estatísticas detalhadas de cada lance da partida.

Detalhes importantes na hora de fazer apostas NFL

Em uma liga de tiro curto, com uma temporada com menos de seis meses, os detalhes podem fazer a diferença na hora de contabilizar lucros ou prejuízos, de ganhar o “Bolão NFL” entre os amigos ou ter que pagar uma rodada no bar.

Mandos de campo

Se uma equipe deseja chegar aos NFL Playoffs, que são as fases de mata-mata da liga, ela precisa fazer valer seu mando de campo. E não é só a força do time e a torcida empurrando que conta para isso. Há dois fatores naturais que acentuam, e muito, a diferença de desempenho entre alguns times quando jogam em casa e seus visitantes: a altitude e o inverno.

Mile High Stadium faz a diferença para os Broncos

O Denver Broncos é aquele adversário que os times odeiam enfrentar como visitantes. A altitude de aproximadamente 1 milha (1609 metros) acima do nível do mar causa muitos problemas a quem não está acostumado, e o time sabe muito bem tirar proveito dessas condições.

O programa “Sport Science”, da ESPN, destrinchou alguns fatores que pesam a favor dos Broncos quando atuam em casa, no Colorado. Com 18% a menos de oxigênio à disposição dos atletas, cada um jogador é afetado em 16% de sua força e a reação é 28% mais lenta.

Como os atletas do Denver Broncos estão habituados a esta condição, eles não sofrem com isso, e a altitude se torna um “doping” poderoso.

Como cada minuto jogador precisa de dois de descanso, é natural que muitas substituições sejam feitas pelos visitantes. Fazer um rodízio entre os atletas minimiza esses efeitos. Mas, quando está no ataque, o Denver Broncos acelera ao máximo as jogadas, para impedir que as substituições sejam feitas, cansando ainda mais os oponentes e induzindo-os a erros.

Outro fator afetado é a velocidade da bola. Como a resistência do ar é menor, a bola vai mais rápido (cerca de 5%) e mais longe. Tanto que o field goal mais longo da história da NFL aconteceu no Mile High Stadium. A bola viajou 64 jardas até o “Y”, cerca de 58,5 metros, em 2013.

Então, já sabe, né? Olho vivo nos Broncos em casa para as suas apostas NFL.

O inverno na NFL

Os EUA são um país de dimensões continentais e possuem os mais diversos climas. Por isso, com a chegada do final do ano e das rodadas decisivas para definir quem avança aos NFL playoffs e quem termina a temporada mais cedo normalmente são um martírio para os times das regiões com clima mais ameno.

Assim, as equipes da Flórida, quando enfrentam o inverno de Green Bay, Nova Iorque ou de outras cidades, sofrem demais, e apresentam retrospectos horríveis como visitantes. Então, olho vivo nas partidas que Miami Dolhins, Tampa Bay Buccaneers e Jacksonville Jaguars fizerem fora de casa a partir do meio de novembro, quando as temperaturas despencam nos Estados Unidos.

Futebol americano é só NFL?

A National Football League é tão dominante no esporte que praticamente se tornou sinônimo dele. Mas existem outras ligas, não apenas nos EUA, mas mundo afora. Até aqui no Brasil temos campeonatos de futebol americano, e o nível, aos poucos, está melhorando. Mas, fora a NFL, o campeonato mais assistido e que tem mais mercados à disposição nas casas de apostas é a NCAA, que é o campeonato universitário de futebol americano, de onde saem os talentos para o draft da NFL.

Em termos de importância, a CFL, liga canadense, também tem seu espaço, e a maioria das casas de apostas online oferecem mercados para as suas partidas. Apostadores mais aficcionados podem encontrar, eventualmente, partidas de ligas nórdicas, como a dinamarquesa e a finlandesa, mas a falta de informações precisas sobre o nível dos jogos e dos times prejudica quaisquer prognósticos que possam ser feitos.

Como funciona a NFL

A Liga possui 32 equipes e é dividida em duas conferências, a American Football Conference, e a National Football Conference, cada uma com 16 equipes. Por sua vez, cada conferência é subdividida em quatro divisões, com quatro franquias em cada uma. Ao final de 17 rodadas, em que cada equipe joga 16 vezes e descansa uma, são definidos os playoffs.

Os quatro campeões de cada divisão garantem um lugar entre os melhores, e as duas equipes com melhor campanha em cada divisão que não conquistaram o título da chave também se classificam. Assim, há 12 equipes para os playoffs.

Os dois times NFL com melhor retrospecto em cada divisão avançam direto às quartas-de-final, e ficam esperando os outros oito disputarem as quatro vagas restantes. Os confrontos são em duelos únicos, na casa do time com melhor campanha. O local do Super Bowl, que é a grande final, é determinado antes de a temporada começar.

Quais as regras do futebol americano?

O esporte é uma batalha por território. Em um gramado (artificial ou natural) de 100 jardas de comprimento por 53 de largura, os times lutam para chegar ao final do campo de defesa de cada oponente. Para isso, o time que está com a bola tem sempre quatro tentativas para avançar 10 jardas de cada vez. Se não conseguir, a bola troca de mãos.

Além do touchdown, que é atravessar a “linha de fundo” com a bola dominada e que vale seis pontos, há outras formas de pontuar no esporte. Após um touchdown, o time tem a chance de anotar mais um ponto com um chute de 15 jardas (extra point) ou dois pontos, com uma chance de anotar um “mini touchdown” em uma jogada. O mais normal é o extra point, e a jogada toda soma 7 pontos.

Se um time chega perto o suficiente para tentar um chute entre a trave em formato de “Y”, ele pode arriscar essa jogada. Se for bem-sucedida, anota três pontos. E há também uma jogada, esta mais rara, que vale dois pontos, que é o safety, espécie de “gol contra” no esporte.

Uma partida de futebol americano é dividida em quatro tempos de 15 minutos, mas o evento chega a durar mais de três horas, devido às constantes paradas, que são uma característica do esporte e que ajudam bastante os apostadores, fazendo dele uma modalidade extremamente popular no mundo das apostas.

Times NFL para ficar de olho

Dos 32 times da NFL, existe uma equipe que é exceção em um país acostumado a ver equipes trocarem de nome e cidade com alguma constância. Fundado em 1919, o Green Bay Packers pertence à comunidade e não possui fins lucrativos. Por isso, tem uma torcida apaixonada. Na temporada 2019/2020, que marca o centenário da NFL, o jogo de abertura será entre os dois times fundados neste ano que seguem na ativa e que fazem um clássico de grande rivalidade: Green Bay Packers x Chicago Bears.

Apesar de ser o centenário da NFL, em 2020 será disputado o 52º Super Bowl no formato que conhecemos, com o campeão da American Football Conference (AFC) enfrentando o vencedor da National Football Conference (NFC). E o primeiro campeão foi justamente o Green Bay Packers, que tinha como treinador Vince Lombardi, que hoje é homenageado com o cobiçado prêmio entregue aos campeões NFL: o troféu Vince Lombardi.

Por ser um esporte milionário, a imprensa especializada está sempre de olho nas franquias mais valiosas do futebol americano. De acordo com a revista Forbes, os 10 times mais valiosos da NFL em 2019 são os apresentados na tabela a seguir.

Melhores times de futebol americano (mais valiosos)

TimeValor (em US$ bilhões)Títulos
Dallas Cowboys5,05
New England Patriots3,86
New York Giants3,34
Los Angeles Rams3,21
Washington Redskins3,13
San Francisco 49ers3,055
Chicago Bears2,91
New York Jets2,851
Houston Texans2,80
Philadelphia Eagles2,751

Entre os times mais conhecidos dos brasileiros está, sem sombra de dúvidas, o New England Patriots, a equipe mais vencedora deste século e de toda a Liga (empatada com o Pittsburgh Steelers), com seis títulos. Neles, há dois nomes  que mudaram a história da NFL.

O quarterback (lançador) Tom Brady e o treinador Bill Belichick chegaram ao Patriots em 2000. Até então, o time tinha chegado a dois Super Bowls, sem sucesso. Desde então, são nove finais e seis títulos. Já com 42 anos, Tom Brady segue com precisão e energia incríveis, mas as especulações sobre sua aposentadoria crescem a cada ano. Como resposta, seu time sempre chega ao Super Bowl.

Perguntas Frequentes

É a National Football League, maior liga de futebol americano do planeta, e também a mais valorizada liga dos esportes profissionais dos Estados Unidos. Foi fundada em 1919, mas o formato atual da liga, com o campeão da AFC enfrentando o vencedor da NFC, data de 1957.

O NFL draft é o sistema para escolher as promessas vindas do futebol americano universitário, a NCAA, e eventuais atletas que vêm de outros mercados, como a Liga Canadense ou a Arena Football League, mas os principais valores vêm das universidades. Para serem elegíveis ao draft, é necessário que os estudantes tenham concluído o ensino médio há pelo menos três anos e tenham no mínimo três anos de experiência no futebol universitário.

A ordem de escolha do draft é inversa à colocação da equipe na última temporada. Assim, o campeão é o último a escolher, e o lanterna tem direito à primeira escolha, a menos que algum time novo entre na liga. Aí, este tem a preferência.

Como são sete rodadas de draft, muitas vezes as equipes negociam essas escolhas para contratar jogadores de outros times.

Em 2019, a pré-temporada começa na primeira semana de agosto, um mês antes da bola oval voar pelos céus americanos. A primeira rodada começa no dia 5 de setembro, com o clássico centenário entre Chicago Bears x Green Bay Packers.

A temporada regular se encerra em 29 de dezembro, e o Super Bowl, a grande final, acontece no dia 2 de fevereiro de 2020.

Hoje há dois times que são os maiores campeões NFL, com seis títulos cada. O Pittsburgh Steelers (1975, 76, 79, 80, 2006, 2009) e o New England Patriots (2002, 2004, 2005, 2015, 2017, 2019) são as equipes. Entre os jogadores, o maior campeão é o quarterback Tom Brady, que liderou os Patriots em todos os seis títulos da franquia.

A NFL é uma liga de muitos heróis, alguns multicampeões e atletas fantásticos que jamais ganharam um anel de campeão. Se é possível apontar o maior de todos os tempos, ele é Tom Brady, quarterback do New England Patriots. O marido de Gisele Bündchen é o maior campeão individual, com seis títulos. Esse número o coloca acima de qualquer dúvida. É claro que os Patriots contam com jogadores fora de série ao seu lado, mas se seus passes não funcionarem, o time não seria o maior vencedor da Liga.

Há outros grandes nomes, principalmente entre os quarterbacks. Há o gênio que lidera os Packers sem o melhor dos plantéis a fazer campanhas memoráveis, Aaron Rodgers; tem a força e inteligência de Russell Wilson, do Philadelphia Eagles; há a classe de Drew Brees, do New Orleans Saints. Para esta temporada, há toda uma empolgação com Pat Mahomes, quarterback do Kansas City Chiefs, que encanta a todos com a simplicidade e eficiência do seu jogo.

Enfim, grandes nomes não faltam para que a temporada 2019/2020 seja especialmente emocionante.

Existem diversas maneiras se alterar o placar no futebol americano. Vamos a elas:

  • Touchdown: acontece quando o time atacante atravessa a linha final do campo com a bola dominada. Vale 6 pontos. Ele possibilita a conversão de um ou dois pontos extras.
  • Extra Point: Chute dado de 15 jardas após a conversão de um touchdown. Vale 1 ponto.
  • Conversão de 2 pontos: Após um touchdown, o time avisa se deseja fazer um chute do extra point ou se irá tentar a conversão de dois pontos. Para isso, ele tem uma jogada para tentar um mini touchdown. A bola é posicionada a 2 jardas da linha final. É uma possibilidade utilizada muito mais em momentos decisivos do jogo, por ser mais arriscada que o extra point.
  • Field Goal: A qualquer momento um time pode optar por tentar chutar a bola no meio dos paus que formam o Y gigante que é a trave do futebol americano. A jogada vale 3 pontos, e é usada normalmente quando o time vê que não conseguirá anotar um touchdown ou avançar as 10 jardas nas quatro descidas (downs) disponíveis por avanço.
  • Safety: o “gol contra” do futebol americano. Quando um jogador que está no ataque (com a posse de bola) é derrubado dentro da sua própria “end zone” (a linha que, se atravessada pelo ataque, provoca o touchdown). Vale dois pontos para o adversário.