Skip to main content

Melhores sites de apostas em tênis online

Um dos esportes mais assistidos e apostados no mundo, o tênis encanta pela emoção, grandes estrelas e plasticidade. Para quem faz apostas em tênis, é uma das modalidades com mais opções de mercados pré-jogo e ao vivo, o que garante a adrenalina lá em cima durante um jogo.

Entre suas peculiaridades estão o fato de ser um esporte individual disputado em diferentes tipos de pisos e com partidas em que nem sempre quem faz mais pontos vence. A organização do tênis profissional, seja a modalidade masculina ou a feminina, causa inveja aos demais esportes e garante que durante toda a temporada haja grandes estrelas espalhadas pelo globo disputando pontos, games, sets e jogos.

Neste artigo vamos ver como apostar em tênis, os melhores sites, onde assistir tênis ao vivo e dicas para ganhar dinheiro com apostas em tênis.

Top 7 sites de apostas com tênis

Site Bônus Saiba Mais
1xBET análise e opiniões 1xBET análise e opiniões R$500
bônus de 100%
aposte
Betfair Bônus e Opiniões Betfair Bônus e Opiniões R$400
bônus
aposte
Rivalo bônus e opiniões Rivalo bônus e opiniões R$777
bônus 100%
aposte
bet365 Brasil bônus e opiniões bet365 Brasil bônus e opiniões Novos clientes: obtenha até R$200 em créditos de aposta aposte
22bet Bônus e Opiniões 22bet Bônus e Opiniões R$600
bônus de 100%
aposte
LeoVegas Bônus e Opiniões LeoVegas Bônus e Opiniões R$150
freebet
aposte
Royal Panda Sports Brasil bônus e opiniões Royal Panda Sports Brasil bônus e opiniões R$60
aposta grátis
aposte

Como apostar em tênis

Durante praticamente todos os meses do ano tenistas profissionais e promessas do esporte lutam em torneios com partidas de eliminatórias simples (salvo raras exceções) para avançar rumo à final. É uma temporada desgastante para os jogadores, emocionante para os fãs. Dezembro é o mês com menos atividade entre os tenistas, mas há centenas de partidas por dia.apostas de tênis bônus

A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), organizadora dos eventos masculinos, e a Associação de Tênis Feminino (WTA) montam o calendário com eventos variando em premiação. Obviamente, torneios que pagam mais atraem jogadores melhores. Assim, há diferentes níveis de campeonatos, para que todos tenham chances de desenvolver seu jogo.

Além dos torneios ATP/WTA, há os campeonatos ITF, da Federação Internacional de Tênis, normalmente reservados aos jovens valores ou atletas que não são de ponta no circuito. Então, durante uma semana podem ocorrer, ao mesmo tempo, os milionários torneios que compõem o Grand Slam, e torneios “Future” em pequenas cidades mundo afora. Isso garante muitos jogos e muitas opções para quem curte apostas e gosta de fazer prognóstico em tênis ao vivo ou pré-jogo.

Vencedor do jogo

O tênis é um esporte com dois resultados possíveis. Vitória de um ou de outro jogador. Ao contrário do futebol, não há empate. Isso faz com que os “favoritaços” normalmente paguem muito pouco, pois as zebras são muito raras, o que facilita os palpites. Devido à estrutura dos torneios, esses jogos mais desiguais normalmente acontecem nas primeiras rodadas dos Grand Slams e torneios de maior premiação, com um maior número de participantes.

Conforme os melhores avançam as rodadas, as partidas ficam mais interessantes para se apostar nos vencedores.

No tênis, como em qualquer outro esporte, informação e conhecimento da modalidade são as chaves para o sucesso.

Isso faz com que os jogos das segundas e terças-feiras, que normalmente marcam o início dos torneios, apresentem oportunidades interessantes para apostas nos vencedores. Conhecer aquela promessa que está “voando” em torneios menores e subindo rapidamente no ranking, estar por dentro de lesões de jogadores bem ranqueados, desempenho dos tenistas em determinados pisos… esses são alguns exemplos de informações que podem fazer a diferença entre um bom lucro e um triste prejuízo.

Outras questões a serem respondidas antes de cravar uma aposta no jogador A ou B são: como é o histórico de confrontos diretos? Qual o desempenho recente de ambos os atletas?

E, finalmente, uma dica interessante para quem deseja apostar apenas nos grandes favoritos. Não é garantia de sucesso, mas as probabilidades são altas. Para que diversas partidas que pagam muito pouco se tornem interessantes, uma solução é fazer apostas acumuladas, que podem dar bônus extras de acordo com o número de jogos no mesmo bilhete. O risco é que uma única zebra põe tudo a perder. Casas que oferecem bons bônus para apostas agrupadas são o 1xBet e o 22Bet.

Vencedor do torneio

Aposta de longo prazo, costuma oferecer boas cotações para os apostadores, principalmente quando há mais de um grande jogador no evento. As cotações são mais altas pois, como o tênis é um esporte individual, há um importante fator a ser levado em conta. Uma lesão é algo inesperado e que termina com as chances do atleta.

Neste mercado, a dica é apostar com a maior antecedência possível.

Aqui, é claro, aumentam os riscos, mas se o jogador ou jogadora estiver em uma boa sequência de vitórias, é ver como ele estará fisicamente para o evento em que se deseja apostar e, o quanto antes, apostar em seu desempenho. Assim que o torneio começa, e ele avança, as odds caem bastante.

Para quem acha que é muito ousado apostar no campeão, dá para investir em palpites mais conservadores (que, é claro, pagam menos). É possível fazer apostas que um atleta chega à final, à semis ou até mesmo às quartas-de-final nos torneios maiores. Aí vale a pena analisar os riscos para chegar à conclusão de até onde vale apostar no desempenho do tenista.

Vencedor do set

Aposta que pode ser feita pré-jogo ou ao vivo, é um dos aspectos que trazem diferencial à modalidade quando falamos de apostas. Quebrar o serviço do adversário e manter o seu é o segredo para vencer sets, isso não é segredo (pode-se vencer um jogo sem quebrar o serviço do adversário nenhuma vez, mas é algo raríssimo. Haja tie-breaks!). 

Então, se, ao acompanhar um jogo, houver quebra de serviço, as odds irão pender bastante para o jogador que tiver conseguido vencer o game de saque do seu oponente. Mas isso não significa, necessariamente, que ele irá ganhar a parcial. Aí entra o conhecimento do esporte e dos atletas. E, no tênis feminino, o serviço é menos determinante que no masculino, pois a potência do saque é menor, assim como a quantidade de aces.

Aqui podem surgir boas oportunidades de lucro para apostas em tênis ao vivo. Se um favorito tem seu serviço quebrado cedo em um game, as odds para ele vencer aquele set aumentam. Se você ainda acredita que ele pode vencer a parcial, a chance de uma aposta vencedora com valor é real.

Um cuidado a se tomar é que há jogadores que, após terem seu saque quebrado, “abandonam” o set se não conseguirem devolver a quebra em seguida, disputando-o com menor intensidade para se pouparem para o restante do jogo. Isso acontece com maior frequência nas partidas de 5 sets.

Vencedor do game

Quem serve, principalmente entre os homens, tem chances muito maiores de vencer o game. Mas, como estamos tratando de um intervalo muito pequeno no jogo, o risco aumenta, pois eventos aleatórios têm uma influência maior quanto menor for a “fatia” do jogo analisada. Uma bola que bata na rede e passe para o outro lado, um escorregão ou duas bolas na linha rebatidas por um dos atletas podem ser decisivos para aquele momento da partida.

Esta é uma aposta em tênis ao vivo bastante arriscada, e por isso, mesmo, lucrativa.

O RioAposta possui o que chama de mercados rápidos, que incluem, além das apostas no vencedor do game, o vencedor de cada ponto, outro mercado interessante, mas bastante arriscado.

Vencedor do ponto

Para quem curte apostas em tênis ao vivo e tem uma boa conexão com a internet, apostar ponto a ponto é uma loucura que pode ser divertida e lucrativa, mas que depende muito da sorte. Jogadores que ponta normalmente vencem a grande maioria dos pontos quando acertam o primeiro serviço, e seu índice de aproveitamento nesse primeiro saque é altíssimo. Então, quando estão sacando, é de se imaginar que irão levar a maioria dos pontos. Mas a maioria não são todos. É aí que a sorte por ser decisiva.

A imagem acima mostra as apostas em tênis instantâneas do LeoVegas.

Handicaps

Em jogos muito “fáceis”, ou seja, aqueles com resultados previsíveis (mas sempre sujeitos a zebras), as casas oferecem mercados com handicap. Isso pode tornar as coisas financeiramente atraentes. 

É muito comum, nos grand slams, vermos jogos – principalmente no feminino – em que as melhores jogadores atropelam as adversárias por 2 sets a 0, com parciais de 6/0, 6/1, por exemplo. É aí que o handicap entra. 

Ao dar um set “de lambuja” para o lado mais fraco do jogo (ou até dois, em jogos com 5 sets), obriga o jogador a virar a partida, ou seja, a vencer o jogo pela diferença colocada no handicap. Sites com bons handicaps para apostas em tênis ao vivo são o bet365, a Betfair (imagem acima) e o Dafabet.

Quem vai ser o primeiro a quebrar o serviço no set?

22Bet oferece animação 3D dos jogos de tênis

Como já falamos, a quebra do serviço pode ser decisivo e é o que molda a estratégia dos jogadores em uma partida. Por isso, as casas de apostas online oferecem esse mercado. Assim, apostar no primeiro jogador que irá vencer no saque do oponente pode render um bom dinheirinho.

Aqui, então, vale a pena arriscar no jogador que começa recebendo um jogo, pois nos primeiros games de um jogo os atletas ainda estão frios e um pouco ansiosos.

Além desses mercados, há muitos outros que surgem com o andamento do jogo. Saber se um game irá ter deuce (empate em 40) ou se um set terá tie-break e qual o vencedor deste desempate, número de pontos por game, número de aces na partida… enfim, há centenas, até milhares de mercados que são abertos por partida, o que torna o esporte com mais opções e maior quantidade de emoção para apostas em tênis ao vivo.

O que é importante saber antes de apostar em tênis?

Por ser um esporte individual, normalmente disputado em partidas eliminatórias, o tênis é um esporte em que a pressão sobre o atleta é enorme. Fora os atletas de elite, a grande maioria dos jogadores encaram cada ponto como o seu ganha-pão. Eles lutam pelos prêmios e para pagar as viagens e ter algum lucro. Por isso, nos torneios menores, há muitas surpresas, que são ocasionadas por jogadores veteranos que ainda tiram coelhos da cartola, juvenis recém-profissionalizados que têm bom jogo, mas uma cabeça ainda frágil, e atletas mais fracos, mesmo. Por isso, só vale a pena apostar nesses jogos se conhecer os atletas e suas rotinas.

Quanto maior o evento, mais qualificados são os jogadores, e isso acarreta menos surpresas, ainda que elas sempre estejam ali, à espreita. Um fato que surpreende quem não é muito familiarizado com o tênis é que nem sempre o atleta com mais pontos vence um jogo. Ele pode perder um set por 6/0 e vencer dois sets por 7/6, perdendo os games por 0 e vencendo-os no deuce. Isso é raro, mas acontece.

Uma estatística interessante, para ilustrar o quanto um tenista tem que saber lidar com o fracasso (considerando cada ponto perdido como um fracasso, é claro), Andy Murray, que terminou 2016 como líder do ranking da ATP, venceu 90% dos seus jogos (78 vitórias e 9 derrotas), mas conquistou “apenas” 55% dos pontos. Isso quer dizer que ele perdeu 45% dos pontos disputados. O tênis é um esporte de muito equilíbrio, ainda mais na elite.

A importância do piso

Quando vamos apostar em tênis, um dos fatores mais decisivos é a superfície em que o jogo será disputado. Bons exemplos são o jogadores brasileiros. Guga foi tricampeão em Roland Garros, Grand Slam jogado no saibro, mas nunca teve um desempenho minimamente razoável na grama de Wimbledon. Fernando Meligeni, jogando na grama, também tinha um desempenho muito abaixo do que no saibro.

Mas o tipo de piso também interfere em outras apostas, além de obviamente ter um peso importante nos palpites em vencedores. A tabela a seguir mostra o percentual de quebras de serviço nas diferentes superfícies em torneios da ATP entre 2011 e 2017.

SuperfícieMédia de quebras% menor em torneio% maior em torneio
Saibro (lento)24,22326,1
Sintético (rápido)20,819,821,7
Grama (muito rápido)16,915,518,6
É possível perceber logo de cara que, quanto mais lento o piso, maior o número de quebras.

Isso acontece porque um piso lento permite ao jogador chegar na bola mais facilmente, mesmo quando o saque é muito rápido, pois a bolinha perde velocidade por causa do maior atrito com a superfície.

Isso reduz a possibilidade de zebras. Por isso é mais comum uma completa predominância de um super-jogador no saibro, como o reinado de Rafael Nadal em Roland Garros. Já em Wimbledon, eventualmente um grande sacador, mas com um jogo de quadra medíocre, consegue avançar e até ser campeão. É claro que os grandes jogadores têm chances muito maiores de levantarem a taça no Grand Slam inglês, mas a imprevisibilidade causada pela grama traz esse fator a mais de emoção.

Além disso, os jogos em superfícies rápidas tendem a durar menos tempo, pois as trocas de bolas não costumam ser tão longas quanto no saibro. O preparo físico aqui pode não ser tão decisivo.

Na média geral, no período em que esses números foram analisados, havia quebras de serviço em 21,3% dos games. Ou seja, em praticamente 1 a cada 5 games o sacador era superado.

A importância de vencer o primeiro set

Aqui, considerando um jogo em que não há favoritos, ou seja, que as chances dos dois atletas são iguais, podemos ver o quão difícil pode ser vencer um jogo quando se começa atrás. Começando pelas mulheres, como o seus jogos sempre têm 3 sets, e o jogo é parelho, a expectativa de vitória é de 50% em cada set. E, se a jogadora perde o primeiro set, ela é obrigada a vencer os dois restantes. Assim:

  • 0,5 * 0,5 = 25%

No entanto, se ela já venceu o primeiro set, ou seja, não precisa da virada, suas chances podem ser calculadas desta forma:

  • 1 – 0,5 * 0,5 = 75%

Então, uma jogadora que perdeu o primeiro set tem 3 vezes menos chances de vitória do que se vencer a primeira parcial. O resultado de um set afeta a probabilidade de vitória na partida em 50%.

No caso de um jogo entre homens com 5 sets, as chances de vitória após perder o primeiro set são 31,25%, pois, além de perder um set, ele pode ainda perder dois sets, pois precisa vencer “apenas” 3 das parciais da partida. Então, perder um set afeta a probabilidade de vitória em 37,5%.

Com esses números em mente, pode-se pensar se vale a pena apostar em tênis ao vivo em um jogador que esteja atrás no placar.

Freguesias não são para sempre

O retrospecto entre jogadores é muito importante e diz muita coisa sobre o que pode acontecer no jogo. Mas é sempre bom lembrar. Tabus podem não ser eternos. Aqui, o maior exemplo recente é a final do Australian Open de 2014, entre Rafael Nadal e Stanislas Wawrinka.

Até esse jogo, o espanhol tinha 12 vitórias contra o suíço, e jamais havia perdido um set sequer para Wawrinka.

Por todo esse retrospecto, as casas de apostas pagavam 1,15 na vitória de Nadal e 6,25 no triunfo de Stanislas Wawrinka. 

Aí é que alguns estudiosos do esporte podem ganhar um bom dinheiro. Nas duas últimas partidas entre os dois, Wawrinka tinha conseguido equilibrar as ações, tendo perdido três dos quatro sets no tie-break. Além disso, Wawrinka já tinha derrotado o campeão Novak Djokovic e estava embalado, em seu melhor momento na carreira. Assim, na final ele superou Rafael Nadal, acabou com o tabu em quatro sets e foi campeão.

A estrutura do esporte

ATP e WTA são organizações geridas pelos próprios atletas (e ex-atletas). Isso ajuda bastante a cuidar dos interesses dos jogadores e do esporte, e garante a qualidade no calendário. É claro que ainda há problemas, como o excesso de jogos, queixa comum dos atletas de ponta. Em média, um jogador entre os melhores do mundo disputa entre 18 e 20 torneios por ano, viajando por todo o planeta, enfrentando fuso horários, lesões, diferentes tipos de alimentação, clima e pisos.

Os principais eventos, tanto para homens como para mulheres, são os Grand Slam. São quatro deles por ano. Em janeiro há o Aberto da Austrália, em maio começa  Roland Garros, em Paris, em junho ou julho acontece Wimbledon, em Londres, e em agosto há o último Slam do ano, o US Open, em Nova Iorque.

Além desses quatro eventos gigantescos, há a tradicional Copa Davis, disputada entre homens, representando seus países em equipes. O equivalente para a mulheres é a FED Cup, que a cada ano ganha importância.

Torneios ATP e WTA

O calendário é repleto de opções para os tenistas e para quem curte fazer apostas em tênis. Entre os torneios que pagam mais os jogadores, há 54 opções para eles e outras 54 para elas. Depois, em eventos menores, muitas vezes usados por jogadores top que se recuperam de lesão ou em que promessas buscam lugar ao sol, existem os torneios “Challenger”. São 314 ATP Challenger, e centenas de WTA Challenger.

Isso, além de garantir que os tenistas possam escolher cuidadosamente a sua rotina de jogos durante a temporada, é certeza de muitas possibilidades para apostas em tênis. Diariamente, o tênis tem até mais opções que o futebol.

Para completar, há os torneios da ITF, que são perto de 600 por ano, tanto para o masculino quanto para o feminino. Para quem curte apostar e quer ganhar dinheiro, apostas em tênis são fartas em opções.

Dicas para fazer boas apostas em tênis

O tênis é um esporte que os sites de apostas esportivas têm a filosofia de oferecer muitas opções, para lucrar pouco, mas lucrar sempre. Melhor para os apostadores conscientes, pois as margens de lucro dos bookies estão entre as menores que existem. Muitas vezes, as casas de apostas levam apenas 1 a 2% de lucro. Para comparação, corridas de cavalos dão lucros médios de 10 a 15% para os sites de apostas. Por isso a importância de não se deixar levar pela empolgação e pesquisar muito na hora de investir.

Como já falamos, é importante levar em consideração alguns fatores que podem ser decisivos na hora de uma partida. Vamos relembrá-los:

  • Condição física do atleta
  • Desempenho de cada jogador no piso em que o jogo é disputado
  • Confronto direto entre os jogadores
  • Interesse dos jogadores top no evento (se é para preparação ou pra disputar o título)
  • Quanto maior o torneio, menores as chances de zebras
  • Agrupar várias barbadas em uma aposta agrupada, para que rendam mais
  • Condições climáticas (temperatura, altitude…)

Apostador também tem que estar bem

Além dos atletas, para apostar em tênis é importante lembrar que o apostador também deve estar em boas condições para investir. Para ganhar dinheiro com apostas em tênis, como em qualquer outro esporte, é necessário estudar bastante, conhecer o esporte, manter-se informado de novidades e estar com a cabeça boa.

Se as coisas estiverem indo bem, de vento em popa, mantenha a cabeça no lugar, não se deixe levar pela empolgação, atenha-se ao plano estabelecido. Da mesma forma, se tudo der errado, não se desespere ou tente recuperar tudo de uma só vez. Se não estiver divertido, dê um tempo, volte aos estudos, acompanhe algumas partidas, relaxe.

Tenha conta em diversos sites de apostas

Normalmente as odds não variam demais de um site para outro, mas há diferenças entre elas, e isso pode significar, em apostas de volume maior, um lucro bem maior em relação a outras casas de apostas. É claro, procure os melhores sites entre os que nós já avaliamos, veja as promoções e escolha por aquelas que mais o agradarem.

E, dependendo da diferença entre as cotações, é possível até mesmo fazer arbitragem esportiva em um ou outro jogo.

Mantenha tudo registrado

Organização é uma boa forma de manter tudo sob controle. Faça uma planilha e mantenha o histórico de apostas em tênis em dia. Assim, com o passar do tempo, você consegue saber onde tem mais lucro e aqueles mercados do qual é bom manter distância.

Lesões: o que acontece?

Aqui é importante ler os termos e condições de cada site, pois as ações podem variar. Enquanto algumas casas de apostas consideram um jogo que não termina por motivo de lesão aposta nula, devolvendo todo o dinheiro aos apostadores, outros sites consideram vencedor o atleta que tinha condições de continuar a partida.

A menos que você adore apostar em zebras, é bom manter distância de sites que não anulam as apostas em partidas com lesão de um dos atletas.

Onde assistir tênis ao vivo

O bet365 faz transmissões de muitos jogos por dia. (Imagem de 18/12/2019)

Como praticamente todo o site que oferece streaming de eventos transmite torneios da ATP, WTA ou ITF, para saber onde assistir tênis ao vivo é só procurar casas de apostas com transmissões das partidas. Casas como bet365, Betfair, 1xBet e outros gigantes transmitem até centenas de jogos por dia, matando a vontade dos fãs do esporte de assistir tênis ao vivo.

Obviamente, ao saber onde assistir tênis ao vivo, você também saberá onde fazer apostas ao vivo e fazer o melhor prognóstico em tênis.

Assistir tênis ao vivo nos sites de apostas

Site Bônus Saiba Mais
Royal Panda Sports Brasil bônus e opiniões Royal Panda Sports Brasil bônus e opiniões R$60
aposta grátis
aposte
BetWinner Brasil bônus e opiniões BetWinner Brasil bônus e opiniões 100€
bônus de 100%
aposte
1xBET análise e opiniões 1xBET análise e opiniões R$500
bônus de 100%
aposte
Betfair Bônus e Opiniões Betfair Bônus e Opiniões R$400
bônus
aposte
bet365 Brasil bônus e opiniões bet365 Brasil bônus e opiniões Novos clientes: obtenha até R$200 em créditos de aposta aposte

Minha opinião sobre apostas em tênis

Apostas em tênis ao vivo ou pré-jogo realmente são emocionantes. Oferecem dinamismo e oportunidades únicas em momentos precisos. Isto pode ser realmente rentável em um dia bom, mas pode ser frustrante em uma queda. Por esta razão, a minha opinião é que se você é um novato e nunca realizou apostas de tênis, a melhor maneira é iniciar com pouco dinheiro em primeiro lugar e procurando palpites mais seguros.

Este esporte é rentável se jogar com inteligência, mas ao mesmo tempo é difícil não ficar animado em determinados momentos. Portanto, deve ter sempre a cabeça em alerta com apostas de tênis, pois a brincadeira pode sair muito cara.